SELEÇÃO DE PROCTOS - DR MARCON CENSONI.

5/29/2018

Dr Marcon Censoni um dos maiores proctologistas nacionais desde o meu primeiro contato há um ano atrás foi sempre muito gentil em esclarecer minhas dúvidas.

 

Quando o convidei para participar sua resposta foi de imediato. Uma grande honra te-lo no nosso projeto novo: SELEÇÃO DE PROCTOS!

 

1) Nem todo "cisto" contém pêlos, na sua opinião qual a causa mais aceita para a origem da Doença Pilonidal atualmente?

 

R: Particularmente acredito frente há 20 anos de prática clinico cirúrgica e trabalhos científicos, que a origem do cisto pilonidal /cisto sacro Coccigeo, é o de um - Resquício celular embriológico - onde células do revestimento epidérmico, ficam esquecidas na profundidade, próximas ao sacro/cóccix na evolução do embrião.

 

2)Vemos constantemente casos de múltiplas cirurgias, quais seriam os principais fatores para uma recidiva?

 

R: O termo recidiva é o mais usado, porém na verdade o que ocorre são erros na cicatrizacao após a cirurgia !!

Basicamente , por curativos não bem feitos, os tecidos se fecham na parte mais superficial , antes da parte mais profundas, restando pequenas cavidades no interior da região. Estas cavidades voltarão a produzir secreções , que podem infectar.

Outra situação não tão frequente para o não fechamento ou para sensação de que o - cisto recidivou -  é a presença dê osteomielite no osso sacro ou cóccix.

 

3)Todo Cisto Pilonidal é cirúrgico?

 

R:Todo Cisto Pilonidal tem que ser tratado com algum procedimento invasivo.

Quer seja eletrocauterização de seu revestimento interno guiado por uma optica ou aplicação de substâncias cauterizantes quando pequenos ou enfim a cirurgia.

 

4)Se a linha média é de difícil cicatrização porque o método aberto ainda é indicado no geral como a principal técnica no Brasil?

 

R: Existe uma máxima em Medicina : A medicina é uma ciência de verdades transitórias.

Ou seja: com evolução tecnológica , certas situações tem o seu tratamento mudado ou suas origens redescobertas. Na atualidade especificamente quanto ao cisto pilonidal podemos pontuar :

- O tamanho e extensão da área do « cisto sacro coccige » ajuda a determinar condutas.

- Ressonância magnética da região sacro coccígea é a melhor forma de avaliar extensão da lesão e comprometimento ou não do periosteo dos ossos sacro e ou cóccix.

- Obviamente a relação « custo x benefício » tem q ser levados em consideração.

- Globalização : não existem mais técnicas deste ou daquele país. Como havia na década de 80/90, quando terapêuticas mais modernas eram buscadas nos EUA ou Europa.

Hoje medicina está globalizada, o acesso a trabalhos científicos é rápido , assim como a difusão de novas tecnologias e tecnologias também o são.

 

5)Acima dos 40 anos é possível uma regressão da doença?

 

R: Há um número difícil de estimar de pacientes que são portadores sem nunca terem tido quaisquer queixas.

Obviamente na prática médica só conhecemos quem apresentar dor ou infecção. Fato é que , nos adultos maduros ou idosos , ou o problema já foi resolvido tempos atrás, ou nunca foi sintomático.

 

Debbie Signé

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square