Buscar
  • CPGS

PUNCH DERMATOLÓGICO PARA CP.

Quando li sobre esse trabalho no congresso fiquei muito curiosa para saber melhor a respeito da técnica, vou tentar entrar em contato com os autores e volto com o assunto com certeza!

Instituições:

HOSPITAL DA REGIãO LESTE - HRL-DF

Autores:

NATASHA GARCIA CALDAS, NIMER RATIB MEDREI, ANDRE ARAUJO DE MEDEIROS SILVA

Título:

USO DE PUNCH DERMATOLÓGICO NO TRATAMENTO DE CISTO PILONIDAL

Resumo:

Introdução: O cisto pilonidal é uma doença inflamatória crônica que acomete a região sacral, podendo levar a complicações como infecção e formação de abscesso local ou descarga contínua e dolorosa de secreção. Acomete duas vezes mais homens do que mulheres, com pico de incidência entre 15 e 30 anos. Na maior parte dos casos, o tratamento é cirúrgico, mas ainda não há consenso sobre a técnica ideal.

Descrição do caso: Paciente de 14 anos, sexo masculino, com diagnóstico de cisto pilonidal há 03 anos, referindo dois episódios de infecção local prévios e dor local, principalmente ao se sentar. Optado pela aplicação de técnica minimamente invasiva para o tratamento de cisto pilonidal descrita por Moshe Gips e col. que consiste na ressecção de sinus com o uso de “punch” dermatológico e posterior curetagem do cisto pelo orifício formado.

Discussão: O tratamento cirúrgico do cisto pilonidal apresenta uma grande variedade de possibilidades técnicas, desde procedimentos amplos e cruentos até procedimentos minimamente invasivos. Técnicas pouco cruentas como o uso de laser e fistuloscópios mostram resultados satisfatórios, porém com elevado custo para sua execução. A aplicação de “punch” dermatológico mostra-se ser uma possibilidade terapêutica com taxa de recidiva satisfatória (11.5%), de rápida e fácil execução.

Conclusão: O uso de punch dermatológico mostrou ser uma ferramenta que torna a ressecção do sinus extremamente fácil e uniforme, com excelente resultado estético e permitindo uma rápida execução do ato cirúrgico.

#cistopilonidal #cistopilonidalgrupoesuporte 💙

28 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo